domingo, 27 de dezembro de 2009

INVERNO NO JAPÃO





As fotos já dizem tudo....
Indo para o trabalho, desço as escadas do prédio onde moro, e vejo o que está na primeira foto, essa paisagem tétrica, bem filme de terror mesmo....e muuuuito frio...
No caminho onde está estacionado o carro, vamos pelo parque que tem pertinho de casa e a paisagem é também um horror...
Chegando no carro, o orvalho totalmente congelado, a uma temperatura de 1 grau as 7hs da manhã...com certeza, um pouco mais baixa durante a madrugada...só com água quente ou ar condicionado ligado durante uns 10 minutos pelo menos para poder ligar o limpador de parabrisas e tirar todo esse gelo...
O Japão tem um clima definido demais para o meu gosto...temperatura agradável, dá para contar nos dedos....acho que não daria 30 dias por ano que me sinta bem com o clima...ou é o frio seco que irrita a garganta, a pele resseca demais ou então o calor úmido que deixa a pele melada dia e noite...nesse ponto de clima, o Brasil é bem agradável, mas ainda assim, a segurança do Japão fala mais alto...

sábado, 5 de dezembro de 2009

CIGARROS, SÓ ACIMA DE 20 ANOS....


Aqui no Japão, bebidas alcóolicas e cigarros são proibidos aos menores de 20 anos (hatachi=20 anos)...
Esta foto tirei de uma maquininha de cigarros, que em todo território japonês tem aos montes e faz um ano que introduziram uma carteirinha para se comprar nestas jihanki (abreviação de jidoo hambaiki=maquininha automática)...
Nas carteirinhas tem a foto e todos os dados completos do portador que tem que ser maior de 20 anos e em muitas, lê e compara a foto da carteirinha com o rosto da pessoa que está comprando...se não bater a foto com a pessoa, a carteirinha volta e não se consegue comprar cigarros em maquininhas...
Nos supermercados vendem em pacotes, mas se for aparentemente muito jovem, e não mostrar uma identificação de maioridade nada feito...as leis são realmente rigorosas, as multas altas e a obediência japonesa...quase que uma submissão, ninguém contesta nada, a maioria simplesmente obedece, seja lá o que for....

HONESTIDADE JAPONESA...


Aqui é o muro de pedras que rodeia o Danchi (conjunto habitacional) que eu moro...e a cada entrada, tem um mural, com alguns anúncios ou avisos...e...esse pacotinho pendurado, desde que percebi e tirei esta foto, está aí faz pelo menos duas semanas...o que seria?
Não sei dizer, mas é alguma coisa que alguém perdeu, e quem encontrou deixou aí para a pessoa pegar de volta...ninguém toca e muito menos leva pra casa...
Honestidade acima de tudo...aqui no Japão não se usa o famoso e brasileiro "achado não é roubado"...Simplesmente, se achar, seja lá até uma coisinha banal, normalmente deixam assim, penduradas onde foi achada...

domingo, 29 de novembro de 2009

POUCO SOL.....


Como estamos em outono, quase inverno, o tempo também está muito nublado, definindo cada vez mais o frio...
O sol é fraquinho, e por pouco tempo, amanhecendo por volta das 6.30hs e anoitecendo 17.15hs....então os muros, depois de chover pelo uma vez por semana, ficam assim, principalmente os muros de pedras que não são lisos...
É bonito ver os musgos verdinhos, mas um tanto triste, pois isso no verão não acontece...e vamos sentindo o frio, o dia cada vez mais curto e a noite mais longa, o sol cada vez mais fraquinho...e todos se vestindo com roupas mais pesadas, da cabeça aos pés...estações do ano bem definidas mesmo...mas...isso dá mais expectativa para esperar os botões das cerejeiras recomeçarem a aparecer em março até que estejam totalmente abertas em abril (depende da região é um pouco mais tarde ou um pouco mais cedo)....
Uma esperança de que tudo volte a ser bonito...e não triste como acho que é o outono e o inverno....razão dos japoneses frequentarem tanto os depatos (shopping) pois dentro destes estabelecimentos não se passa frio, aliás, em lugar fechado nenhum...e então, para quem anda a pé por exemplo e está bem agasalhado, passa um calor danado pois a diferença de temperatura fora e dentro dos ambientes fechados é gritante...e no verão é o inverso....muito calor fora e muito frio dos ares condicionados exagerados....então, o jeito é usar roupas de meia estação com um casaco bem quente no inverno....e no verão...roupa leve para se andar fora sem nunca esquecer de levar um agasalho para quando estiver em ambiente fechado...sejam lojas, trens ou ônibus....eita país que dá trabalho e gastos, mas, a segurança ainda fala bem alto...e não posso me queixar de nada, além da oportunidade de estar trabalhando com a minha idade em auto peças, coisa que passando dos 40 já começa a complicar...(salvo em épocas que precisem de bastante mão de obra)...estou aprendendo a gostar cada vez mais do Japão apesar de alguns pesares....

FUGU (BAIACÚ)


Como devem saber, esse peixe chamado FUGU no Japão e BAIACÚ no Brasil, é altamente venenoso, e tem que ser especialista formado com carteirinha e tudo para manuseá-l0....e o pior, o cliente que vai consumir esse peixe perigoso, precisa assinar um têrmo de compromisso assumindo toda e qualquer responsabilidade se caso venha falecer por ter sido casualmente envenenado por ele (o peixe)...Que absurdo, mas acho que está certo, pois caso contrário acho que teriam muitos sushi mans presos por isso...
Claro que como o japonês ainda come muito peixe, esse não poderia escapar...
Essa vitrine, fica em um restaurante, de sushis (bolinho de arroz com uma fatia de peixe crú) e sashimis (fatias de peixe crú) e uma das especialidades da casa é o sashimi de fugu ou baiacú...que aliás tem pouquíssima carne, é cortada em fatias beeem fininhas e colocadas geralmente em pratos redondos com belos desenhos, pois a carne é branquinha e dá pra ver os desenhos por cima dela...
Já vi em noticiário japonês que morrem alguns japoneses por ano (não me lembro quantos) por comer esse peixe em lugar não confiável...
Existe uma técnica especial para não envenenar a carne do peixe, caso contrário, uma fração mínima do veneno, é fatal...não sei é por isso ou um peixe mais raro, o prato custa caríssimo...
Eu particularmente acho que tem muito peixe para se comer e não sou exótica a ponto de por em risco a minha vida ou mesmo confiar em quem está preparando algo tão perigoso....fico com os meus peixinhos sem veneno mesmo....

sábado, 28 de novembro de 2009

...E FALANDO NISSO...




...Falando nisso, porque no post anterior, eu escrevi sobre encontrar qualquer coisa que se precise e imagine aqui no Japão...
O primeiro, será que alguém do Brasil que não conheça o Japão sabe me dizer pra que serve?
Pois é, esta coisinha azul, de plástico rígido, serve para bater nos futons (acolchoados) para se tirar o pó e eventuais cabelos, sei lá... em dias mais ensolarados como hoje, o que se houve, depois de umas 3 horas de exposição é o barulho de gente batendo futons para poder virar e tomar sol do outro lado e novamente bater.....
Na segunda foto, é apenas para mostrar que se observar cada coisinha nas prateleiras, encontramos de tudo, e como eu pendurava meus cachecóis em cabides comuns de roupas, sempre pendia para o lado, o que enroscava na retirada de outra roupa ao lado...e vi esse pregador do tamanho certinho para pendurar os cachecóis....nem sei se foram feitos para isso, mas são ótimos para esse fim....

FRIO NO JAPÃO (^~^)...BRRR




Aqui se tem a idéia do frio que faz por aqui, mesmo estando em Kyoto que é uma região menos fria se compararmos com o norte ou nordeste ou mesmo noroeste do Japão....
A primeira foto mostra como encontro todas as manhãs as janelas do meu quarto, que é claro, não dá mais pra deixar nem a janelinha de cima aberta durante a noite...Com o calor do nosso corpo, cheio de roupas e cobertas, e o frio do lado de fora, nem é possível ver atravéz do vidro que mais parece o vapor de uma sauna...e escorre tudo para fora...a varanda fica molhada de tanta água que escorre... e ....o mais trabalhoso aqui no Japão é carregar os futons (acolchoados, tanto de forrar ou de se cobrir, naturalmente diferentes em sua textura) e colocar nos parapeitos da varanda para tomar sol...pois caso contrário...vixe, fica verdinho de musgo...e se usar em cima do tatami direto e não em camas como eu uso, o tatami também fica verdinho....vale também para tapetes em cima de tatamis...e dizem que o frio no Japão é seco...imaginem se fosse úmido...mas a umidade está dentro de nós, do nosso calor corporal, e isso faz tudo ficar úmido, inclusive para secar roupas em dias frios como nesta estação do ano....dois dias e ainda as camisetas finas para se usar embaixo de roupas estão ligeiramente úmidas....credo....detalhe importante, para os futons não cairem dos parapeitos, tem esse pregador gigante para segurá-los....
Aqui no Japão se encontra de tudo, só uma questão de procurar com muuuita paciência e tentar entender para que servem cada coisinha que vimos nas prateleiras....

PRIMAVERA, VERÃO, OUTONO E INVERNO ...OTOKOYAMA PARK





Nem preciso dizer que celular pra mim tem que ter uma câmera boa, e em março ou abril vou trocar por uma melhor, pois só nos finais de semana eu carrego a câmera digital que ainda é das antigas ...

Antiga aqui no Japão, pois tem quase quatro anos e por aqui, a cada 6 meses tudo é renovado ou modificado, e com capacidade maior para melhorar os efeitos das fotos, sons ou imagens....

....bom.....este parque, como acredito que algumas pessoas já devem saber (se estiver lendo o meu blog ou orkut) fica pertinho de casa, e é visitado por muitas pessoas na primavera, pois fica maravilhosamente florida de cerejeiras...o pessoal faz pic-nic, faz até churrasco e bebem bastante, pois em abril, que é o auge da florada, já está relativamente quente, com temperatura agradável....já no verão, os pés de cerejeiras perdem totalmente suas flores e e ficam carregadas de folhas verdinhas, dando então um outro visual ao parque....

A última foto, mostra o estado atual, outono, quando acho que a maioria das árvores daqui do Japão perdem suas folhas depois de passarem pela transformação de cores de amarelado ao vermelho...e fica com esse visual triste, o que distingue muito bem a estação do ano...logo, logo, vamos entrar no inverno...mas aqui em Kyoto, nem dá para tirar fotos do mesmo lugar com neve, pois raramente se neva por aqui, e muito menos acumular neve para se tirar fotos....ainda bem, pois....neve é bom para se ver e tirar umas fotos, pois de resto, ainda prefiro a primavera ou o início de outono...com temperatura um pouco mais amena...

Embora não caia neve por aqui, o frio é grande, ou melhor, o frio deve ser igual a qualquer lugar do mundo, se levarmos em conta um termômetro, mas a sensação climática, devido ao vento é lamentável, pois depois de uns 30 segundos no máximo, fora de casa, já ficamos com o nariz gelado e escorrendo...então....usa-se máscara....usa-se luvas....cachecóis...tocas...meias mais quentes...calças para usar embaixo da calça...aquecedor....ar condicionado quente...chuveiros mais quentes.....em resumo...gasta-se muito mais no inverno do que no verão...ah...além de ter que instalar uns varais extras dentro de casa pois chove mais vezes para depois a temperatura cair mais um pouco....é o Japão....





OFURÔ (BANHEIRA) QUE FALA....KKK

U videoComo sempre digo, o melhor mesmo é clicar na foto, ou neste caso, olhar o vídeo....mas....vou detalhar, ou melhor, traduzir o que este controle de água quente ou menos quente está dizendo....

O banho, ou melhor a água para o banho, que pode ser de chuveiro ou mesmo de imersão, tem controle, e acredito que seja para os deficientes visuais....cada vez que se aciona o botão para diminuir a temperatura o monitor diz "nuruku narimassu" ou seja, "vai ficar morna" e ao aumentar "atsuku narimassu"= "vai ficar quente" e elevando a temperatura ao máximo, "atsui oyuga demassu"= "sairá água quente" (no caso, para encher a banheira e depois temperar com água fria pois 60 graus é muito quente)

Como também disse em posts anteriores, os deficientes visuais principalmente, não dependem de outros para muita coisa, pois a maioria das coisas funcionam de maneira prática para eles....

Japão é assim...momentos que percebemos que o ser humano é bem considerado, mais independente, e tudo graças a tecnologia de primeiro mundo...

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

LIXEIRA (JAPONÊS NÃO DÁ PONTO SEM NÓ...)


O assunto pode ser banal para quem está no Japão, mas acredito que quem está no Brasil, nem deve imaginar que existam lixeiras desse tipo....
Uma lixeira de dois andares, por absoluta falta de espaço dentro das casas...muito bem pensado...na parte de cima, os lixos queimáveis, ou seja, qualquer tipo de lixo que não seja plástico, latas, ou embalagens pet...
Aqui onde moro, não precisamos usar saco plástico impressa com o nome da cidade...mas muitas usam e não levam o lixo se estiver em qualquer outro tipo de sacos...
Voltando a lixeira, no andar de baixo, embalagens plásticas, de todos os tipos, bandejinhas de comida (sempre lavadas antes) e qualquer coisinha de plástico....
Sem querer, fotografei as embalagens Tetra Park, a esquerda que estão guardadas para abrir e jogar separadamente para reciclagem...mas podemos jogar junto com o lixo queimável, mas concientemente colaboramos com o eco sistema...aliás, nossa obrigação junto ao planeta que habitamos....

A NATUREZA E SEUS ENCANTOS....


Como tenho postado há algumas semanas, estamos no outono com temperatura máxima de 14 graus aqui em Kyoto...e mínima de 7 graus....brrrrr...está bem frio pela manhã...
Nesta época, boa parte das árvores ficam com as folhas de amarelo para vermelho, dando uma sensação de melancolia, ou até mesmo de tristeza, porque isso significa que em breve, essas folhas estarão caídas, como muitas já perderam boa parte delas...
Aqui tem uma árvore que não sei o nome, mas passo por ela todos os dias para ir ao ponto de ônibus para trabalhar...
Ela parece uma pintura, só vendo para lembrar que ainda a natureza resiste a agressão do homem e consegue continuar com a mesma beleza que acredito, já tenha se modificado tentando se adaptar anos após anos.....

MODA??? EU ACHO HORRÍVEL!!!!


Finalmente consegui tirar uma foto que possa ver os trajes de algumas japinhas que "estão na moda"...
Já comentava há uns 3 anos atráz com minha amiga do Brasil que dizia que essa moda também vigorava por lá...
Eu não sei se isso é moda ou cafonice, mas tem muitas pessoas, jovens principalmente que andam assim e acho de um mal gosto incrível...
A impressão que dá é que catou algumas roupas no guarda-roupas e foi colocando segundo o frio que estiver...
Claro que tem algumas que se vestem conforme estamos acostumadas a ver, mesmo sendo modernas, atualizadas, etc...
Usar uma sainha sobre uma calça tipo "fusô" até dá pra engolir, mas calça jeans com sainha...sei lá, parece coisa de gente muito antiga e de roça que ia lavrar a terra e tinha que usar saia, então colocava uma calça qualquer por baixo para aquecer....
...Vai entender o gosto de cada um, se é que isso pode se chamar de gosto...(clique na foto para ampliar e ver melhor...)

sábado, 7 de novembro de 2009

OUTRO TIPO DE RESIDÊNCIA....


Esse pequeno
conjunto de residências, bastante usado por pessoas que moram sozinhas ou no máximo em 3 pessoas (um casal e filho pequeno por exemplo) é chamado de Leo Palace...pequenos apartamentos que já vem equipados
com cozinha (no corredor, com apenas um fogão elétrico de duas bocas, uma pequena geladeira e uma pia apenas com a cuba, sem espaço para se colocar nada em volta) um banheiro para banho e um wc...tudo isso nesse corredor do lado direito e esquerdo respectivamente..
....e a última foto, está o quarto, que se resume nisso, com uma cama alta a esquerda com armário embaixo acoplada a uma escrivaninha e um guarda-roupas do lado direito..do lado oposto a porta do guarda-roupas tem uma mesinha com duas cadeiras...
É em apartamentos assim que muitos japoneses moram, principalmente os estudantes que tem posse (dos pais) pois dependendo do colégio ou universidade, eles precisam morar muito longe da residência de seus pais...claro que na maioria das províncias tem bons colégios e universidades, mesmo assim, por opção, por uma universidade melhor eles acabam indo para bem longe...
Digo ter posses, pois o aluguel de um apartamento assim, minúsculo, mas com luz, água e internet inclusos (não tem conta de gás pois o fogão e o chuveiro são elétricos), custa cerca de 57 mil yenes, aproximadamente, R$ 1.200,00, que é caríssimo mesmo aqui no Japão (com custo de vida alto) para se morar sozinho...por esta razão, muitos optam em morar nos alojamentos das universidades que não tem essa privacidade...


HOTÉIS CAPSULA




Quem poderia imaginar alguma coisa assim em qualquer lugar do mundo...nunca pesquisei, mas acredito que só no Japão, por absoluta falta de espaço tiveram a idéia que criar um hotel que mais parece um pet shop, como mostra a segunda foto...parecem as jaulinhas onde ficam os animais para venda....hehehe....mas o quarto, não me pareceu tão ruim assim, e não tem uma porta, apenas uma redinha para fechar...e é separado em ambiente feminino e masculino...esse caixote em cima é uma tv...
Uma diária custa 3.000 yenes (cerca de 60 reais), e é claro, esse tipo de hotel fica em Tókyo, onde a falta de espaço ainda é maior do que nas demais cidades do Japão...
Eu não estive por lá, e estas fotos também foram cedidas por minha filha que esteve nesse tipo de hotel que é o mais barato que ela encontrou...custo de vida altíssimo não acham???
O banho é separado deste ambiente, e inclusive é comunitário, portanto, tem que ser banho rápido, pois tem mais pessoas esperando....

MAQUININHA DE ENGRAXAR SAPATOS...


Esta foto não é minha, quem a tirou foi minha filha quando esteve em Tokyo para eu colocar no meu blog...
É curioso como a praticidade tem a ver com desenvolvimento...
Nada melhor do que um executivo usando sapatos, enfiar os pés numa máquina para engraxar os seus sapatos, do que ficar sentado numa calçada com um mundo de pessoas passando na sua frente, fora o frio ou calor, barulho, poluição, etc...
Acredito que no Japão por ser formado por um arquipélago, portanto mais isolado do continente asiático,os japoneses sejam mais discretos, apreciando mais a tranquilidade, inclusive para engraxar sapatos...e com uma moedinha de 100 yenes (cerca de dois reais), totalmente automático, rápido e sem aborrecimentos...mas acho que a parte de tráz dos sapatos não ficam engraxados como se fossem feitos a mão....

ESTACIONAMENTO DE BICICLETAS







Estas fotos foram tiradas no estacionamento do Kuzuha Mall, um shopping em Hirakata, perto de onde moro, muito bem visitado, pois é o mais perto daqui de Yawata..

Só tinha conhecimento de estacionamento de carros nesse estilo, que trava as rodas e se paga para destravar...
Na primeira foto, tem a maquininha (mais uma para a coleção...hehehe...) onde se paga para destravar a roda na retirada ...que quando se coloca a bicicleta, já começa a correr o horário de 6 horas que custa apenas 100 yenes (cerca de R$ 2,00), mesmo sabendo que muito raramente exista roubo de bicicleta...mas é bom não bobear...além de ter um estacionamento mais organizado, com um lugar para cada uma, sem aquela bagunça de enroscar o pedal de uma com a roda de outra por exemplo...
Na segunda foto, tem a placa que mostra as instruções da utilização do estacionamento....
Tem coisas que só morando no Japão para saber que existem coisas que jamais imaginamos no Brasil....

DEPOIS DA TEMPESTADE....(2)


Mais um resultado do frio repentino que veio como uma frente fria, para nos prepararmos para a chegada do inverno....
Hora de tirar os cobertores dos armários e roupas mais quentes...
Aqui na foto, uns pés de hortência, que estão com as flores totalmente queimadas devido ao frio...
Por aqui também tem disso...mas acho que deve ser normal, principalmente em regiões mais quentes como Kyoto...
O pessoal do norte (Hokkaido) sentiu até 7 graus negativos e em Akita e Nagano, e é claro em Hokkaido, chegou a nevar mais de 25 cm....
Esse frio, só estando por aqui para sentir...imaginem que com 21 graus com vento, a sensação climática é de uns 13 graus, o frio já atravessa as roupas que não sejam a base de nylon...
O vento que um caminhão ou ônibus traz quando passa ao nosso lado é o suficiente para arrepiar...

DEPOIS DA TEMPESTADE....


Na segunda feira (02 de novembro) o tempo mudou abruptamente, com muito vento e muita chuva para depois trazer um frio que durante a madrugada, aqui em Kyoto, chegou a fazer 4,7 graus de temperatura....
Uma mudança que prenuncia a chegada do inverno, pois ainda pelo calendário estamos no outono...
Durante o dia, a temperatura por aqui chega a 21 graus, o suficiente para suar durante o trabalho, mas do lado de fora está bem ameno, com um solzinho aconchegante...
O resultado dessa tempestade, está aqui nas fotos, com muitas folhas caídas, inclusive entupindo as bocas de lobo que ficaram cheinhas de folhas ....
No dia seguinte, tudo limpinho....dando muito trabalho para as faxineiras que varrem tudo, e tiram até pequenos matinhos que nascem nos cantinhos do caminho asfaltado que dá acesso aos apartamentos do danchi (conjunto habitacional) que moramos...

sábado, 31 de outubro de 2009

PARA OS AMANTES DE MOTOS...


Para os amantes de motos, como já fui um dia....
Difícil ver motos assim por aqui, pois custam milhões de yenes e muito poucos podem comprar...
Uma Harley Davison bem modificada, em triciclo, muito linda por sinal..
Aqui no Japão, o convencional, e tem muuuitos mesmo, são as pequenas motos, ou seja, do tipo Lambretta como os antigos chamavam, ou Joguinha como os atuais chamam...mas são apenas nome de modelos de vários fabricantes deste tipo de veículo de duas rodas...Honda, Suzuki, Yamaha, Kawasaki....
Tanto se usa pequenos veículos de duas rodas, também as bicicletas (para quem não tem carta, pois aqui é obrigatório carta de moto de até 50cc para pequenas motos) que existem muitas lojas de novos e usados em qualquer cidadezinha do Japão...Se tiver habilitação de automóvel, pode usar as motinhas de até 50cc com a mesma carteira de motorista, mas para dirigir motocicletas grandes, é preciso tirar carteira de habilitação para até 400 cc...e por aí vai....
Carteira de motorista comum, Chyugata (até 8 toneladas) e Oogata (mais de 8 toneladas)...3 anos de validade a partir de sua data de nascimento, e renovação com aulinhas, perdendo quase um dia de trabalho...se tirar a carteira de habilitação pouco antes do seu aniversário, é contado como um ano aqueles meses que antecedem....
Na primeira carteira, temos a faixa verde como principiante, depois ganhamos a faixa azul na primeira renovação, e na terceira, a carteira com faixa dourada...caso em 5 anos não tenha tido nenhuma multa....kkkkk...difícil....pois se tiver o azar de cruzar um trilho de trem sem antes verificar com os olhos e o pescoço do lado direito e esquerdo com uma paradinha do veículo e tiver um guarda, muuuulta na certa...e perda de pontos...que demora quase um ano para se recuperar, se não tiver nenhuma multa....

TRATAMENTO DE ÁGUA EM YAWATA


Aqui na região de Yawata, tem muitos desmanches de automóveis...e onde tem esse pequeno rio, acredito que despejem muito óleo além das fábricas que utilizam óleo para a conservação e peças até o momento da pintura...
Por esta razão, existe esse pequeno limpador de águas poluídas que deve separar a sujeira antes das águas continuarem seu curso natural...
Foi possível tirar essa foto pois este pequeno tratamento está na rua ao lado do rio e é possível vermos da calçada quando atravessamos uma pequena ponte...
É....é isso mesmo que está mostrando a foto, a água tem essa cor quase preta...imagino que devem tirar tambores de óleo dessas águas todos os dias...e provavelmente, devem reciclar o óleo para reutilizar...
Ah, um detalhe, aqui, tudo que é loja de usados se chama recycle shop, ou seja, mesmo que sejam usados, sempre são reciclados, nunca vendem nada quebrado, inclusive pequenos objetos de casa...e nestas lojas, podemos achar objetos novos e ainda em caixas de origem, por serem fora de linha ou sobra de estoques mais antigos...e o preço....beeem baixos...só que é difícil encontrar algo que precisamos naquele momento...

PREVISÃO DO TEMPO






















Coloquei as fotos da previsão do tempo na ordem em que elas aparecem na tv as 6.53 hs todos os dias...
A primeira mostra os ventos fortes, ou seja, um pequeno furacão passando perto do Japão...
A segunda o tempo no Japão inteiro....
A terceira a temperatura máxima no Japão inteiro....
A quarta o tempo na região de Kansai...
A quinta, a umidade e a probabilidade de chuvas na região de Kansai....
E a última, a temperatura máxima na região de Kansai...
Neste canal não mostram a previsão mínima da temperatura, mas estamos em 16 graus por aqui em Kyoto...pensar que na última semana de setembro as temperaturas máximas ainda chegavam a 33 graus por aqui....e depois de um mes, estamos em 21 graus...
Pela manhã e final de tarde, já está bem friozinho, e de madrugada, não dá mais para dormir sem cobertas um pouco mais quentes....
Por isso, aqui no Japão, temos necessidade de roupas para cada estação do ano, pois, por exemplo, agora no outono, durante o dia a temperatura é agradável com sol bem quente, mas na sombra, faz frio....e uma das razões da gripe influenza começar a pegar os mais frágeis como as crianças e idosos em primeiro lugar...
Já se nota muita gente andando de máscara, principalmente em ônibus e trens...uns porque já pegaram e não querem passar mais adiante a gripe e outros para não pegar...além de divulgar nos noticiários, muitos casos da influenza (como se chama por aqui) também o fazem sobre a vacinação que custa em torno de 3000 yenes (aproximadamente 60 reais) ....preço este, para quem tem o seguro saúde, o que a maioria tem...

PRIMAVERA, VERÃO E OUTONO.....SAKURA






Exatamente 08 de abril de 2009, tirei essa foto do Meu pé de Cerejeira ( meu pé, pois está bem em frente a janela do meu quarto, mas é do Danchi.....hehehe), toda florida, vistosa e maravilhosa... foi na época que me mudei para cá....
A segunda foto, já é verão, 26 de abril, totalmente modificada, mas é o mesmo pé de sakura (flor de cerejeiras) e fiz questão de tirar exatamente do mesmo lugar para mostrar como as estações do ano aqui no Japão são bem definidas e a natureza se modifica sensivelmente....
A terceira foto, 01 de novembro, pleno outono, as folhas já estão bem avermelhadas e muitas delas já estão caindo, dando muito trabalho para as faxineiras varrerem tudo....
Apesar de tantas dores, muito suor e sacrifício, não existe um privilégio maior que esse, de abrir a cortina de seu quarto e deparar diariamente com uma simples árvore ornamental de cerejeiras (não dá frutos) mostrando que o frio se aproxima...
Aqui em Kyoto, é muuuito raro nevar, pois estamos na região de Kansai, ou seja, acredito que uns 600 km a sudoeste de Tokyo... este pé de cerejeira, infelizmente, só em caso muito raro, estará coberto de neve para ser novamente fotografada....mas ela vai estar sem folhas em pleno inverno, para quando a primavera chegar, notarmos pequenos pontos ressurgirem dos galhos, dando novas flores...

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

CÉDULAS JAPONESAS




Começando de cima para baixo, a primeira nota, é de 1000 yenes, equivalente a 20 reais e é aquela que usamos mais, pois ela é aceita em qualquer maquininha de fazer compras (refrigerantes, chás, cafés, sorvetes, etc...)
A segunda é de 2000 yenes, raríssima, poucos a tem...
A terceira é de 5000 yenes, equivalente a 100 reais e a última de baixo é a de 10.000 yenes que equivalente a 200 reais...(dependendo da cotação do dólar de cada dia é claro....atualmente está próximo de 160 reais)....como não faço nenhum investimento em dólar ou papéis, então calculo bem aleatório mesmo, tipo dois por um que fica bem mais fácil....
As notas são muito bem cuidadas, NUNCA são dobradas (pelos japoneses e estrangeiros cuidadosos....) e são usadas carteiras para dinheiro para não estragar as cédulas que também fazem parte do dia a dia de cada indivíduo de qualquer população que tenha conciência suficiente para cuidar do que é seu, pois afinal, os impostos que pagamos são bem altos e quanto mais cuidarmos do que é nosso (embora o dinheiro passe de mão em mão) menos gastos teremos...essa é a concientização de um povo que viveu duas guerras mundiais e passaram muita necessidade....e que tem também a conciência que aqui ninguém consegue dormir ao relento caso fique sem lugar para morar pois literalmente morrem de frio...e por isso mesmo que aprendem desde pequenos a poupar, mesmo que seja um pouquinho de cada vez e por muitos anos...
Assim, acho que dá para entender porque não existe japonês mendigo, com excessão aos dias mais atuais onde a crise mundial pegou muita gente desprevenida...o que nas cidades mais populosas podemos ver os homeless (sem teto) dormindo nas escadarias das estações de trens...
Mas aqui também tem abrigos, ou seja, arrumaram mais abrigos para os necessitados, pois havia muita gente mesmo, morando sob viadutos depois dessa crise, coisa que atualmente, quase depois de um ano, não se fala mais nisso, pois acredito que tudo tenha se resolvido...
O Japão, ou melhor, o governo japonês não quer isso....ver indigentes nas ruas....e muito menos construção de favelas, como estava começando no início deste ano, quando muitos brasileiros, sem teto, e sem dinheiro para voltar ao Brasil, estavam morando embaixo de viadutos....o governo resolveu isso, pagando passagens para o povo voltar ao seu país, com o compromisso de que não retornariam ao Japão durante 3 anos...foi a maneira deles se livrarem desse tipo de coisa que enfeia qualquer bairro de qualquer cidade do mundo....
Atualmente, o mercado de auto peças começa a reagir, e alguns retornam aos empregos, porém bem menos remunerado, mas o suficiente para poderem viver dignamente....

MOEDA JAPONESA






Aqui estão as duas faces das moedas japonesas que usamos BASTANTE aqui no Japão...

A primeira, moeda de 500 yenes, é a que vale em torno de 10 reais, a segunda de 100 yenes que equivale aproximadamente a 2 reais, a terceira de 50 yenes que é mais ou menos equivalente a 1 real...depois a de 10 yenes que aproximadamente vale uns 20 centavos de reais, a de 5 yenes que equivale mais ou menos 10 centavos de reais e a de 1 yen que é equivalente a 2 centavos de reais....

Tudo isso, apenas para dizer que aqui no Japão os ônibus e maquininha de café, refrigerantes, sorvetes, em suma, todas as maquininhas são pagas com nota de 1000 yenes ou somente em moedinhas até 10 yenes....ou seja, as moedas de 5 e 1 yenes, podemos usar somente em compras que não sejam em maquininhas...

O mais importante.....NUNCA, JAMAIS em nenhum lugar que se faça compra, temos como resposta "não tenho troco"ou "vou trocar ali na frente"....e muito raramente, mas eu já vi, gente que diz que está sem dinheiro (normalmente estudante) e deixa de pagar o ônibus...

Um país rico que pode imprimir ou cunhar cédulas e moedas o suficiente para nunca faltar, é um país de primeiro mundo sem dúvida....mais um aborrecimento que nos é evitado aqui no Japão

ENCURTANDO O CAMINHO....


O Danchi que eu moro, fica em cima de uma montanha, e não tem como ir para casa sem ter que enfrentar uma subida...e para encurtar o caminho, achamos esse caminho alternativo, mais curto mas muito mais íngreme e no meio do cemitério....kkkk....caminho esse que só faço durante o dia pois mesmo assim, é totalmente isolado, muito raramente se ve uma pessoa andando por aqui...
Pela foto dá para ver que é lá no fundinho da subida onde finalmente fica plano....

SEGURANÇA NO JAPÃO (2)


Clique em cima da foto e veja o por que deste post com esse título....
Acredito que nem preciso comentar....mas, vou comentar...claro que esse tipo de coisa não é seguro e caso aconteça um roubo, acho que o dono do carro deve pelo menos levar um sermão bem longo dos policiais, mas como aqui, não é como no Brasil que "achado não é roubado", ninguém ou pelo menos boa porcentagem da população nem pensa em levar pra casa qualquer coisa ou coisinha que encontre na rua....muito menos um carro estacionado, com a chave em cima do banquinho que está a venda, na calçada....
Eu digo sempre por aqui, morro de saudades da comida brasileira, mas essa segurnaça eu não troco por comida nenhuma...é o preço que pago para viver tranquilamente, poder andar nas ruas com câmera fotográfica pendurada na bolsa, um celular dentro do bolso, um Mp3 ou Mp4 ou seja lá o que for sem ser assaltado ou mesmo assassinado por questões materiais....

MAQUININHA DE SORVETE


Esta maquininha, como se pode ver na foto, é de sorvete e é curioso, como picolé é um tipo de sorvete que se encontra muito pouco aqui no Japão...e eu não sei dizer o por que....
Mesmo as que estão nessa máquina com um palito, são de massa embora não tenha casquinha, mas não é picolé...
Se levarmos em conta que a comida é sempre adocicada aqui no Japão, até que o sorvete é gostosinho...
Alguns picolés com cobertura de chocolate da Parma por exemplo existem nos supermercados, mas em caixa com cinco unidades (se não me engano pois faz tempo que não compro desses sorvetes)
Quando compro sorvete, normalmente são de copinho, igual aos que tem no Brasil, só que aqui os sabores, são restritos a baunilha, queijo e chocolate quando são dos populares...e é claro, não poderia faltar o sorvete de chá verde (bom por sinal) e é lógico, sorvete de feijão azuki, como comentei no post da Pepsi de Feijão Azuki.......
É claro que existem sorveterias com diversidades de sabores e montagens até 3 bolas....mas...picolé...só bem tipo gelinho mesmo....ruinzinhos....são bonitos, pois o picolé de melancia, vem em formato de uma fatia de melancia, com a casca verde e o vermelho da polpa com as sementinhas marrons (chocolate)...mas o gosto é totalmente artificial...

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

MAQUININHA DE REFRIGERANTES E OUTROS...




Como se vê na foto, maquininhas com diversas marcas como Dydo, Itoen, Asahi e Coca Cola vendem diversos tipos de bebidas desde refrigerantes, chás, sucos, cafés puros ou com leite, em latas ou embalagens pets, e um pouco de vitaminas estimulantes normalmente em garrafinhas de alumínio....
Essas maquininhas são abastecidas pelo funcionário de cada fabricante, e em caso de maquininha de cafés ou refrigerantes em copos, tem uma manutenção e limpeza além do abastecimento....o que demanda pelo menos 30 minutos...não sei ainda a frequência da limpeza interna das máquinas, mas estavam fazendo isso ontem na fábrica onde trabalho, cuja máquina fica bem pertinho do local onde trabalho e vi que dá uma certa mão-de-obra pois tem filtros, recipiente para o açúcar, leite em pó, etc...e são lavadas e eles próprios carregam baldes para água limpa e água suja...tudo faz parte do trabalho do funcionário de cada fabricante...nada de pedir emprestado ao cliente ou coisas desse tipo que tem muito no Brasil....