domingo, 29 de novembro de 2009

POUCO SOL.....


Como estamos em outono, quase inverno, o tempo também está muito nublado, definindo cada vez mais o frio...
O sol é fraquinho, e por pouco tempo, amanhecendo por volta das 6.30hs e anoitecendo 17.15hs....então os muros, depois de chover pelo uma vez por semana, ficam assim, principalmente os muros de pedras que não são lisos...
É bonito ver os musgos verdinhos, mas um tanto triste, pois isso no verão não acontece...e vamos sentindo o frio, o dia cada vez mais curto e a noite mais longa, o sol cada vez mais fraquinho...e todos se vestindo com roupas mais pesadas, da cabeça aos pés...estações do ano bem definidas mesmo...mas...isso dá mais expectativa para esperar os botões das cerejeiras recomeçarem a aparecer em março até que estejam totalmente abertas em abril (depende da região é um pouco mais tarde ou um pouco mais cedo)....
Uma esperança de que tudo volte a ser bonito...e não triste como acho que é o outono e o inverno....razão dos japoneses frequentarem tanto os depatos (shopping) pois dentro destes estabelecimentos não se passa frio, aliás, em lugar fechado nenhum...e então, para quem anda a pé por exemplo e está bem agasalhado, passa um calor danado pois a diferença de temperatura fora e dentro dos ambientes fechados é gritante...e no verão é o inverso....muito calor fora e muito frio dos ares condicionados exagerados....então, o jeito é usar roupas de meia estação com um casaco bem quente no inverno....e no verão...roupa leve para se andar fora sem nunca esquecer de levar um agasalho para quando estiver em ambiente fechado...sejam lojas, trens ou ônibus....eita país que dá trabalho e gastos, mas, a segurança ainda fala bem alto...e não posso me queixar de nada, além da oportunidade de estar trabalhando com a minha idade em auto peças, coisa que passando dos 40 já começa a complicar...(salvo em épocas que precisem de bastante mão de obra)...estou aprendendo a gostar cada vez mais do Japão apesar de alguns pesares....

FUGU (BAIACÚ)


Como devem saber, esse peixe chamado FUGU no Japão e BAIACÚ no Brasil, é altamente venenoso, e tem que ser especialista formado com carteirinha e tudo para manuseá-l0....e o pior, o cliente que vai consumir esse peixe perigoso, precisa assinar um têrmo de compromisso assumindo toda e qualquer responsabilidade se caso venha falecer por ter sido casualmente envenenado por ele (o peixe)...Que absurdo, mas acho que está certo, pois caso contrário acho que teriam muitos sushi mans presos por isso...
Claro que como o japonês ainda come muito peixe, esse não poderia escapar...
Essa vitrine, fica em um restaurante, de sushis (bolinho de arroz com uma fatia de peixe crú) e sashimis (fatias de peixe crú) e uma das especialidades da casa é o sashimi de fugu ou baiacú...que aliás tem pouquíssima carne, é cortada em fatias beeem fininhas e colocadas geralmente em pratos redondos com belos desenhos, pois a carne é branquinha e dá pra ver os desenhos por cima dela...
Já vi em noticiário japonês que morrem alguns japoneses por ano (não me lembro quantos) por comer esse peixe em lugar não confiável...
Existe uma técnica especial para não envenenar a carne do peixe, caso contrário, uma fração mínima do veneno, é fatal...não sei é por isso ou um peixe mais raro, o prato custa caríssimo...
Eu particularmente acho que tem muito peixe para se comer e não sou exótica a ponto de por em risco a minha vida ou mesmo confiar em quem está preparando algo tão perigoso....fico com os meus peixinhos sem veneno mesmo....

sábado, 28 de novembro de 2009

...E FALANDO NISSO...




...Falando nisso, porque no post anterior, eu escrevi sobre encontrar qualquer coisa que se precise e imagine aqui no Japão...
O primeiro, será que alguém do Brasil que não conheça o Japão sabe me dizer pra que serve?
Pois é, esta coisinha azul, de plástico rígido, serve para bater nos futons (acolchoados) para se tirar o pó e eventuais cabelos, sei lá... em dias mais ensolarados como hoje, o que se houve, depois de umas 3 horas de exposição é o barulho de gente batendo futons para poder virar e tomar sol do outro lado e novamente bater.....
Na segunda foto, é apenas para mostrar que se observar cada coisinha nas prateleiras, encontramos de tudo, e como eu pendurava meus cachecóis em cabides comuns de roupas, sempre pendia para o lado, o que enroscava na retirada de outra roupa ao lado...e vi esse pregador do tamanho certinho para pendurar os cachecóis....nem sei se foram feitos para isso, mas são ótimos para esse fim....

FRIO NO JAPÃO (^~^)...BRRR




Aqui se tem a idéia do frio que faz por aqui, mesmo estando em Kyoto que é uma região menos fria se compararmos com o norte ou nordeste ou mesmo noroeste do Japão....
A primeira foto mostra como encontro todas as manhãs as janelas do meu quarto, que é claro, não dá mais pra deixar nem a janelinha de cima aberta durante a noite...Com o calor do nosso corpo, cheio de roupas e cobertas, e o frio do lado de fora, nem é possível ver atravéz do vidro que mais parece o vapor de uma sauna...e escorre tudo para fora...a varanda fica molhada de tanta água que escorre... e ....o mais trabalhoso aqui no Japão é carregar os futons (acolchoados, tanto de forrar ou de se cobrir, naturalmente diferentes em sua textura) e colocar nos parapeitos da varanda para tomar sol...pois caso contrário...vixe, fica verdinho de musgo...e se usar em cima do tatami direto e não em camas como eu uso, o tatami também fica verdinho....vale também para tapetes em cima de tatamis...e dizem que o frio no Japão é seco...imaginem se fosse úmido...mas a umidade está dentro de nós, do nosso calor corporal, e isso faz tudo ficar úmido, inclusive para secar roupas em dias frios como nesta estação do ano....dois dias e ainda as camisetas finas para se usar embaixo de roupas estão ligeiramente úmidas....credo....detalhe importante, para os futons não cairem dos parapeitos, tem esse pregador gigante para segurá-los....
Aqui no Japão se encontra de tudo, só uma questão de procurar com muuuita paciência e tentar entender para que servem cada coisinha que vimos nas prateleiras....

PRIMAVERA, VERÃO, OUTONO E INVERNO ...OTOKOYAMA PARK





Nem preciso dizer que celular pra mim tem que ter uma câmera boa, e em março ou abril vou trocar por uma melhor, pois só nos finais de semana eu carrego a câmera digital que ainda é das antigas ...

Antiga aqui no Japão, pois tem quase quatro anos e por aqui, a cada 6 meses tudo é renovado ou modificado, e com capacidade maior para melhorar os efeitos das fotos, sons ou imagens....

....bom.....este parque, como acredito que algumas pessoas já devem saber (se estiver lendo o meu blog ou orkut) fica pertinho de casa, e é visitado por muitas pessoas na primavera, pois fica maravilhosamente florida de cerejeiras...o pessoal faz pic-nic, faz até churrasco e bebem bastante, pois em abril, que é o auge da florada, já está relativamente quente, com temperatura agradável....já no verão, os pés de cerejeiras perdem totalmente suas flores e e ficam carregadas de folhas verdinhas, dando então um outro visual ao parque....

A última foto, mostra o estado atual, outono, quando acho que a maioria das árvores daqui do Japão perdem suas folhas depois de passarem pela transformação de cores de amarelado ao vermelho...e fica com esse visual triste, o que distingue muito bem a estação do ano...logo, logo, vamos entrar no inverno...mas aqui em Kyoto, nem dá para tirar fotos do mesmo lugar com neve, pois raramente se neva por aqui, e muito menos acumular neve para se tirar fotos....ainda bem, pois....neve é bom para se ver e tirar umas fotos, pois de resto, ainda prefiro a primavera ou o início de outono...com temperatura um pouco mais amena...

Embora não caia neve por aqui, o frio é grande, ou melhor, o frio deve ser igual a qualquer lugar do mundo, se levarmos em conta um termômetro, mas a sensação climática, devido ao vento é lamentável, pois depois de uns 30 segundos no máximo, fora de casa, já ficamos com o nariz gelado e escorrendo...então....usa-se máscara....usa-se luvas....cachecóis...tocas...meias mais quentes...calças para usar embaixo da calça...aquecedor....ar condicionado quente...chuveiros mais quentes.....em resumo...gasta-se muito mais no inverno do que no verão...ah...além de ter que instalar uns varais extras dentro de casa pois chove mais vezes para depois a temperatura cair mais um pouco....é o Japão....





OFURÔ (BANHEIRA) QUE FALA....KKK

U videoComo sempre digo, o melhor mesmo é clicar na foto, ou neste caso, olhar o vídeo....mas....vou detalhar, ou melhor, traduzir o que este controle de água quente ou menos quente está dizendo....

O banho, ou melhor a água para o banho, que pode ser de chuveiro ou mesmo de imersão, tem controle, e acredito que seja para os deficientes visuais....cada vez que se aciona o botão para diminuir a temperatura o monitor diz "nuruku narimassu" ou seja, "vai ficar morna" e ao aumentar "atsuku narimassu"= "vai ficar quente" e elevando a temperatura ao máximo, "atsui oyuga demassu"= "sairá água quente" (no caso, para encher a banheira e depois temperar com água fria pois 60 graus é muito quente)

Como também disse em posts anteriores, os deficientes visuais principalmente, não dependem de outros para muita coisa, pois a maioria das coisas funcionam de maneira prática para eles....

Japão é assim...momentos que percebemos que o ser humano é bem considerado, mais independente, e tudo graças a tecnologia de primeiro mundo...

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

LIXEIRA (JAPONÊS NÃO DÁ PONTO SEM NÓ...)


O assunto pode ser banal para quem está no Japão, mas acredito que quem está no Brasil, nem deve imaginar que existam lixeiras desse tipo....
Uma lixeira de dois andares, por absoluta falta de espaço dentro das casas...muito bem pensado...na parte de cima, os lixos queimáveis, ou seja, qualquer tipo de lixo que não seja plástico, latas, ou embalagens pet...
Aqui onde moro, não precisamos usar saco plástico impressa com o nome da cidade...mas muitas usam e não levam o lixo se estiver em qualquer outro tipo de sacos...
Voltando a lixeira, no andar de baixo, embalagens plásticas, de todos os tipos, bandejinhas de comida (sempre lavadas antes) e qualquer coisinha de plástico....
Sem querer, fotografei as embalagens Tetra Park, a esquerda que estão guardadas para abrir e jogar separadamente para reciclagem...mas podemos jogar junto com o lixo queimável, mas concientemente colaboramos com o eco sistema...aliás, nossa obrigação junto ao planeta que habitamos....

A NATUREZA E SEUS ENCANTOS....


Como tenho postado há algumas semanas, estamos no outono com temperatura máxima de 14 graus aqui em Kyoto...e mínima de 7 graus....brrrrr...está bem frio pela manhã...
Nesta época, boa parte das árvores ficam com as folhas de amarelo para vermelho, dando uma sensação de melancolia, ou até mesmo de tristeza, porque isso significa que em breve, essas folhas estarão caídas, como muitas já perderam boa parte delas...
Aqui tem uma árvore que não sei o nome, mas passo por ela todos os dias para ir ao ponto de ônibus para trabalhar...
Ela parece uma pintura, só vendo para lembrar que ainda a natureza resiste a agressão do homem e consegue continuar com a mesma beleza que acredito, já tenha se modificado tentando se adaptar anos após anos.....

MODA??? EU ACHO HORRÍVEL!!!!


Finalmente consegui tirar uma foto que possa ver os trajes de algumas japinhas que "estão na moda"...
Já comentava há uns 3 anos atráz com minha amiga do Brasil que dizia que essa moda também vigorava por lá...
Eu não sei se isso é moda ou cafonice, mas tem muitas pessoas, jovens principalmente que andam assim e acho de um mal gosto incrível...
A impressão que dá é que catou algumas roupas no guarda-roupas e foi colocando segundo o frio que estiver...
Claro que tem algumas que se vestem conforme estamos acostumadas a ver, mesmo sendo modernas, atualizadas, etc...
Usar uma sainha sobre uma calça tipo "fusô" até dá pra engolir, mas calça jeans com sainha...sei lá, parece coisa de gente muito antiga e de roça que ia lavrar a terra e tinha que usar saia, então colocava uma calça qualquer por baixo para aquecer....
...Vai entender o gosto de cada um, se é que isso pode se chamar de gosto...(clique na foto para ampliar e ver melhor...)

sábado, 7 de novembro de 2009

OUTRO TIPO DE RESIDÊNCIA....


Esse pequeno
conjunto de residências, bastante usado por pessoas que moram sozinhas ou no máximo em 3 pessoas (um casal e filho pequeno por exemplo) é chamado de Leo Palace...pequenos apartamentos que já vem equipados
com cozinha (no corredor, com apenas um fogão elétrico de duas bocas, uma pequena geladeira e uma pia apenas com a cuba, sem espaço para se colocar nada em volta) um banheiro para banho e um wc...tudo isso nesse corredor do lado direito e esquerdo respectivamente..
....e a última foto, está o quarto, que se resume nisso, com uma cama alta a esquerda com armário embaixo acoplada a uma escrivaninha e um guarda-roupas do lado direito..do lado oposto a porta do guarda-roupas tem uma mesinha com duas cadeiras...
É em apartamentos assim que muitos japoneses moram, principalmente os estudantes que tem posse (dos pais) pois dependendo do colégio ou universidade, eles precisam morar muito longe da residência de seus pais...claro que na maioria das províncias tem bons colégios e universidades, mesmo assim, por opção, por uma universidade melhor eles acabam indo para bem longe...
Digo ter posses, pois o aluguel de um apartamento assim, minúsculo, mas com luz, água e internet inclusos (não tem conta de gás pois o fogão e o chuveiro são elétricos), custa cerca de 57 mil yenes, aproximadamente, R$ 1.200,00, que é caríssimo mesmo aqui no Japão (com custo de vida alto) para se morar sozinho...por esta razão, muitos optam em morar nos alojamentos das universidades que não tem essa privacidade...


HOTÉIS CAPSULA




Quem poderia imaginar alguma coisa assim em qualquer lugar do mundo...nunca pesquisei, mas acredito que só no Japão, por absoluta falta de espaço tiveram a idéia que criar um hotel que mais parece um pet shop, como mostra a segunda foto...parecem as jaulinhas onde ficam os animais para venda....hehehe....mas o quarto, não me pareceu tão ruim assim, e não tem uma porta, apenas uma redinha para fechar...e é separado em ambiente feminino e masculino...esse caixote em cima é uma tv...
Uma diária custa 3.000 yenes (cerca de 60 reais), e é claro, esse tipo de hotel fica em Tókyo, onde a falta de espaço ainda é maior do que nas demais cidades do Japão...
Eu não estive por lá, e estas fotos também foram cedidas por minha filha que esteve nesse tipo de hotel que é o mais barato que ela encontrou...custo de vida altíssimo não acham???
O banho é separado deste ambiente, e inclusive é comunitário, portanto, tem que ser banho rápido, pois tem mais pessoas esperando....

MAQUININHA DE ENGRAXAR SAPATOS...


Esta foto não é minha, quem a tirou foi minha filha quando esteve em Tokyo para eu colocar no meu blog...
É curioso como a praticidade tem a ver com desenvolvimento...
Nada melhor do que um executivo usando sapatos, enfiar os pés numa máquina para engraxar os seus sapatos, do que ficar sentado numa calçada com um mundo de pessoas passando na sua frente, fora o frio ou calor, barulho, poluição, etc...
Acredito que no Japão por ser formado por um arquipélago, portanto mais isolado do continente asiático,os japoneses sejam mais discretos, apreciando mais a tranquilidade, inclusive para engraxar sapatos...e com uma moedinha de 100 yenes (cerca de dois reais), totalmente automático, rápido e sem aborrecimentos...mas acho que a parte de tráz dos sapatos não ficam engraxados como se fossem feitos a mão....

ESTACIONAMENTO DE BICICLETAS







Estas fotos foram tiradas no estacionamento do Kuzuha Mall, um shopping em Hirakata, perto de onde moro, muito bem visitado, pois é o mais perto daqui de Yawata..

Só tinha conhecimento de estacionamento de carros nesse estilo, que trava as rodas e se paga para destravar...
Na primeira foto, tem a maquininha (mais uma para a coleção...hehehe...) onde se paga para destravar a roda na retirada ...que quando se coloca a bicicleta, já começa a correr o horário de 6 horas que custa apenas 100 yenes (cerca de R$ 2,00), mesmo sabendo que muito raramente exista roubo de bicicleta...mas é bom não bobear...além de ter um estacionamento mais organizado, com um lugar para cada uma, sem aquela bagunça de enroscar o pedal de uma com a roda de outra por exemplo...
Na segunda foto, tem a placa que mostra as instruções da utilização do estacionamento....
Tem coisas que só morando no Japão para saber que existem coisas que jamais imaginamos no Brasil....

DEPOIS DA TEMPESTADE....(2)


Mais um resultado do frio repentino que veio como uma frente fria, para nos prepararmos para a chegada do inverno....
Hora de tirar os cobertores dos armários e roupas mais quentes...
Aqui na foto, uns pés de hortência, que estão com as flores totalmente queimadas devido ao frio...
Por aqui também tem disso...mas acho que deve ser normal, principalmente em regiões mais quentes como Kyoto...
O pessoal do norte (Hokkaido) sentiu até 7 graus negativos e em Akita e Nagano, e é claro em Hokkaido, chegou a nevar mais de 25 cm....
Esse frio, só estando por aqui para sentir...imaginem que com 21 graus com vento, a sensação climática é de uns 13 graus, o frio já atravessa as roupas que não sejam a base de nylon...
O vento que um caminhão ou ônibus traz quando passa ao nosso lado é o suficiente para arrepiar...

DEPOIS DA TEMPESTADE....


Na segunda feira (02 de novembro) o tempo mudou abruptamente, com muito vento e muita chuva para depois trazer um frio que durante a madrugada, aqui em Kyoto, chegou a fazer 4,7 graus de temperatura....
Uma mudança que prenuncia a chegada do inverno, pois ainda pelo calendário estamos no outono...
Durante o dia, a temperatura por aqui chega a 21 graus, o suficiente para suar durante o trabalho, mas do lado de fora está bem ameno, com um solzinho aconchegante...
O resultado dessa tempestade, está aqui nas fotos, com muitas folhas caídas, inclusive entupindo as bocas de lobo que ficaram cheinhas de folhas ....
No dia seguinte, tudo limpinho....dando muito trabalho para as faxineiras que varrem tudo, e tiram até pequenos matinhos que nascem nos cantinhos do caminho asfaltado que dá acesso aos apartamentos do danchi (conjunto habitacional) que moramos...